Louremar no Facebook Louremar no Twitter
NOTÍCIAS
< Voltar
Patricia Vieira e Florêncio Neto são denunciados na Polícia Federal e no MPF acusados de formação de quadrilha
Publicada em 13/07/2017 às 11:41:00

Foi dado entrada em pelo menos dois pedidos de investigação contra a primeira-dama de Bacabal, Patricia Vieira e contra o vice-prefeito da cidade Florêncio Neto, por irregularidades cometidas nos processos licitatórios da prefeitura de Bacabal.

Deve-se o feito ao deputado estadual Roberto Costa (PMDB) que protocolou as denúncias com farta documentação, segundo apurou o editor deste blog. Não satisfeito, Roberto Costa detonou da tribuna da Assembleia Legislativa o que chamou de “organização criminosa”.

Além de Patricia Vieira, membro do triunvirato (reveja) que administra a cidade, sobrou para a irmã dela que é secretária de Assistência Social (na foto acima) e até para o secretário de Educação Carlos Gusmão: “Um preço superfaturado que só tem uma direção: desviar dinheiro da Prefeitura de Bacabal. E quem é que está comandando hoje essa organização criminosa na Prefeitura de Bacabal? Está aqui o documento. Quem autorizou essa licitação? Foi o senhor Raimundo Florêncio Monteiro Neto, seu Florêncio Neto, vice-prefeito da cidade de Bacabal; Patrícia Flávia Braga Vieira, mulher do prefeito de Bacabal; o senhor Carlos Gusmão, secretário de Educação do município e a senhora Fábia Cristina Braga, secretária de Ação Social e irmã da primeira-dama”, disse Roberto Costa.

A denúncia

O objeto da denúncia do parlamentar peemedebista é uma licitação para aquisição de 60 carro.s “A Prefeitura de Bacabal - que tem mais de 60 carros no seu nome - fez uma licitação para aquisição de 54 carros, sendo que 19 seriam caminhonetes – que custa R$ 5.500,00 – mas foram licitados por R$ 9.500,00”, disse Roberto Costa.

Mais do que a denúncia de licitação fraudulenta, o deputado em seu discurso pegou pesado e deu a entender que há outros casos a serem investigados na administração de Bacabal: “Esse caso dessa licitação fraudulenta que foi entregue à Polícia Federal, vai ser aberto o inquérito e vai comprovar que existe essa formação de quadrilha; essa organização criminosa que é comandada por Dona Patrícia Vieira e pelo Florêncio Neto. Nós não podemos admitir que Bacabal, uma cidade de mais de 100 mil habitantes, continue sendo tratada com desprezo, com desrespeito e a população pagando um preço altíssimo pela incompetência, pela incapacidade do prefeito".

Assessoria da Prefeitura rebateu nos blogs

Um texto da assessoria distribuído para a imprensa contesta os fatos denunciados por Roberto Costa e tenta politizar a denúncia, atribuindo o que seria o papel constitucional de fiscalização do deputado como uma manobra para desestabilizar e “confundir a cabeça da opinião pública”, como dito na matéria. Sobre a quantidade de veículos contratados, a matéria afirma que foram apenas 8 carros.

 

Compartilhe Compartilhe:
Imprimir:  Patricia Vieira e Florêncio Neto são denunciados na Polícia Federal e no MPF acusados de formação de quadrilha Voltar Ir para o Topo RSS
Comentários
0 comentário
    DEIXE SEU COMENTÁRIO
    campos marcados com * so de preenchimento obrigatrio!
     
     
      Louremar no Facebook
      Estatísticas de acesso
    » Usuários on-line: 20
    » Notícias lidas hoje: 584
    » Notícias lidas ontem: 1557
    » Total de Visitas: 6126537
    © Copyright 2013 - Louremar Fernandes